Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pálido Sorriso das Flores



 

Por onde anda o sorriso
das flores?
Morreram como os falsos
amores !
Murcharam com dissabores
das  verdes primaveras!

 
Perderam-se nas
esquinas  obtusas do tempo
Por medo de viver
entregaram-se ao relento
da esquizofrenia da alma
 

Secaram com  as dores da agonia
Mofaram com as frias utopias
Tremeram de medo
ao descobrirem os segredos
do angiograma do coração
 

 
Choraram lágrimas de aflição
sobre a cruz da solidão
Receberam da vida
a benção da extrema-unção
 

Nas margens da loucura
criaram um amor imaginário
Guardaram no relicário
das  eternas recordaçãoes
 
Recife-
 
 
 
 



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 




.

Zena Maciel
Enviado por Zena Maciel em 12/03/2006
Código do texto: T122230
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zena Maciel
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
239 textos (6625 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:31)
Zena Maciel