Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FOLHAS RASGADAS

Que saudade imensa o coração abriga!
Que meu verso humilde não pode controlar,
As lembranças que tenho, são muitas e muitas
Que até agora nao aprendi contar!!!
Nestas partituras de ninar romances,
todas minha fichas apostei,
O próprio tempo se fez imparcial,
Brotou e cresceu na intrepidez do outono
De dentro d'alma, como d'um manancial.
O lindo romance hoje desfolhado,
D'um velho livro  que vivemos outrora,
Cujo prefácio já desapareceu,
Tão perfeito ontem e quase nada agora!
Este compêndio sem biblioteca,
Perdeu, de um todo de ser, a razão,
O alfabeto claro de tua memória
no arquivo eterno de teu coração...
Os capítulos, as folhas e poesias
Tudo se perdeu, não retornam mais,
se extraviaram na poeira do passado.
Também nosso amor e seus pobres ais...
SílfedeRosa
Enviado por SílfedeRosa em 25/03/2006
Código do texto: T128332
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SílfedeRosa
Rio do Sul - Santa Catarina - Brasil
24 textos (1180 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 10:52)
SílfedeRosa