Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dor

Dor
De Iolanda Brazão

Meu corpo trêmulo
Esta angustia que teima em ficar
Dentro do meu peito
As lágrimas que rolam
Independente de minha vontade
Este vazio assustador
Diante desta  imensa dor
É algo assim inexplicável
A cabeça não para de pensar
Os pensamentos trazem as lembranças
As lembranças, às imagens
A dor aumenta
Atormenta
Dilacera
Rasga o peito
O chão foge dos pés
Tudo se confunde
A vista escurece
O corpo enfraquece
Vem a escuridão
Não vejo mais nada
E ainda assim te procuro
Chamo-te em algum lugar
Na verdade não quero te deixar
Por isso insisto em lembrar
Esquecendo a realidade
Que me alerta que preciso aceitar
Não posso mais brigar
Muito menos questionar
Pois não há mais solução
Só me resta agora  aceitar
Conformar-me
Rezar
Despistar
Procurar ver de outro ângulo
Fazer desta triste experiência
Um aprendizado
Assim aceitar
A vida e a morte.


9:25  26/05/2006



Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 26/03/2006
Código do texto: T128699

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
343 textos (32021 leituras)
3 áudios (627 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:12)
Iolanda Brazão