Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão & Lamentação

Amo, amo tanto,
amo muito, e sei , sou amada,
amada por um homem que quando está comigo gera confiança , paz e esperança,
sinto seu cheiro, sua pele , sua boca, seu  calor seu suor.

Sinto suas mão, que percorrem meu corpo e sem pedir licença passeiam sobre minha pele, alimentando a  paixão e o desejo que sinto.

É nessa hora nesses momentos que eu acredito que ele é só meu. Nesse momento eu sei disso.

Só que a hora passa e ele se vai.
Vai no tempo, e eu fico,
fico com meus pensamentos, que insistem , persistem  atropelam meu desejo, minha vontade,minha saudade, e dá margem a minha razão.

E mesmo amando, mesmo me sentindo amada,
na minha razão eu me sinto só

Sua distância me atormenta, e a saudade me sufoca.
Meus pensamentos nessa hora me dominam e eu penso em ti,
Uma lagrima rola pela face, cai ao chão ,

Quero escrever uma canção
contar do amor que sinto,
mais só saem letras de lamentações

Lamento querer e não poder
Queria  poder te querer, te procurar, e te encontrar comigo todos os dias, todas as horas todas as manhas todas as madrugadas,
te ver adormecer, te ver acordar.

Lamento ser e não ter
Queria te ter por perto, ao meu lado,
ao teu chorar, ao meu sorrir
ao teu tocar, ao meu sentir,
ao meu olhar, ao te achar ,
a sua vida  na minha vida .

Lamento o tempo e o espaço que ocupo
Queria poder viver sua vida com você,
jogar vôlei ao entardecer,
soltar pipa na laje
caminhar de mãos dadas na areia da praia,
Conhecer seus amigos, suas idéias ,seus ideais,
Construir juntos, realizar sonhos.

Queria.... Queria......   Queria.........
lamento tamanha distância, entre nós.
ISABEL OLIVEIRA
Enviado por ISABEL OLIVEIRA em 01/04/2006
Reeditado em 12/07/2006
Código do texto: T131939
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ISABEL OLIVEIRA
Duque de Caxias - Rio de Janeiro - Brasil, 50 anos
151 textos (9844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:37)