Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A brisa traz o anoitecer
A presença da solidão que se aproxima,
A brisa fria me toca o rosto
E escorrem lagrimas de dor ..
 
A escuridão me penetra com odores de flores
Lagrimas escorrem sem cessar...
Sentimento ruim invade mi’alma
Toco-me, e fria me sinto;
Sem o sangue á me queimar!

Vivo de uma dor ,
A dor de um amor não esquecido;
Ainda não levado pelo vento e nem pelo tempo! 

Uma rosa negra me sinto 
Uma rosa não bela,
Um negra rosa nascida da dor...

A dor que crio do prazer que não sinto! 

Na escuridão me alimento, 
E do medo bebo
E ao silencio me entrego ...

O silencio hoje amo por nada além dele me amar 
O silencio me domina e o odio não deixa chegar..
Para que eu não vá odiar eternamente,
Quem no silencio me deixou calar e agora apenas ele amar...

Só posso hoje com o tempo contar 
E um dia o sorriso achar 
E tirar o peso dessa dor...

E essa rosa negra, branca ficar
E um beijo de amor, em um nobre dá..
Para que na luz eu volte a viver,
E ter um alma limpida para amar...
Mone TCarmo
Enviado por Mone TCarmo em 01/04/2006
Reeditado em 01/04/2006
Código do texto: T132112
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos autorais à Simone Teixeira do Carmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mone TCarmo
Belém - Pará - Brasil, 37 anos
2870 textos (287625 leituras)
56 áudios (8741 audições)
4 e-livros (926 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:23)
Mone TCarmo

Site do Escritor