Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Ele chegou sorrateiro..
E instalou-se em minha morada,
Sem ao menos licença pedir!

Veio todo faceiro,
E tomou-me aos poucos ,
Me possuindo com todo ardor,
Que minh’alma esmoreceu-se!

Nem percebi tua presença dentro de mim..
Mais tu ja davas sintomas de vida;

Meu corpo respondia,
Mais cansaço admitia!
Fostes me envolvendo,
Meu sangue adentrou,
Espalhou-se com o vento!

Aos poucos fui te observando,
E com medo te notando,
Queria não acreditar ..
Mais quando te vi, desesperanças tive;
E nos braços do pai me vi protegida!

Lutei e luto com minhas ultimas forças..
Te expulso de dentro de mim,
Te exorcito de minhas dores,
Por favor, mê de alguns favores..
Ainda pretendo minha fada gerar,
Ainda desejo um nobre verdadeiro amar,
Ainda desejo viver, pela vida...

Ou,

Me leve de uma vez, sem piedade!
Mais não me deixe sofrer, isso é maldade...
Sei que Deus me espera a qualquer hora,
Mais também sei que ainda não é agora..

Por favor,

Cura-me a alma ferida..
Reanime meu corpo sem vida..
Monet Carmo
Enviado por Monet Carmo em 03/04/2006
Reeditado em 03/04/2006
Código do texto: T133304
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos autorais à Simone Teixeira do Carmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Monet Carmo
Belém - Pará - Brasil, 38 anos
2222 textos (297234 leituras)
72 áudios (9553 audições)
4 e-livros (1085 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:44)
Monet Carmo

Site do Escritor