Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Restos II

Não sou mais compreendido,
rastejo pelos caminhos do perigo, sinto ódio e
me deparo diante de teus olhos.
Olhos de uma criatura da noite
que sobrevoa minha cabeça
a todo momento,
será você  a besta que atormenta meus pensamentos?
Você me pede reflexão,
eu te ofereço solidão,
é o que restou no meu coração,
ainda posso te dar desprezo
e um pouco de incompreensão.


Obs: Fiz esta poesia que se chama restosII mas restosI não existe então faça vc ela e mande pra mim que publico aqui!! Valeu!!
FaBytO
Enviado por FaBytO em 15/04/2006
Reeditado em 15/04/2006
Código do texto: T139304
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FaBytO
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 36 anos
44 textos (1171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:23)
FaBytO