Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOR = TÂNIA AILENE

            DOR
               
       Tânia Ailene


Quero te contar tudo que aconteceu comigo,
qualquer pranto é melhor,
do que o perigo que toma conta dos meus pensamentos.
Você sabe da minha paixâo,encantada estou.
Nas paredes o quadro que dói mais,
é te ver ao lado de outra,
imagem ou nomes, essa me acompanha.
Minha dor é perceber que você não sente o mesmo.
Já pedi a todos os meus cheiros te perfumar,
na cidade e em todos os lugares,
que a brisa sopre, e a vida se faça presente,
com tempo, até você notar,
que sou eu te acordando.
Tenho fé,que faremos festa,
daquilo que vai ser clareza.
Nossa certeza proibida, será concebida.
Não vamos deixar que nossos sentidos se apaguem.
Estou limpa, de tudo que sei me permito dizer,
será possível abrir os olhos,
abrir as mãos e te alcançar.
Me leve embora, ninguém mais me considera,
tento me salvar, fugir,
mas não deixo de te amar.
Onde está?
Meu peito aberto te espera.
Não vou desamar te dando tchau.
Seja como for, esteja do jeito que quiser.
Fico sem eira nem beira,
quero beijos,
me desmanchar em seus braços.
Apronta teu sorriso,
o que é remédio para curar o amor?
Paixão que me deixa tonta,
me faz gracejos,
quero que tudo se exploda.
Isso é só amor,
jogue seus olhos para mim,
quero as cores que a canção se fez,
me dê seu pranto unido ao meu.
Chorei de amor, sei,
não adianta tentar,
durante nossas vidas viveremos sem esquecer.
Ainda teras saudades minhas,
você vai lembrar de mim...
Tânia Ailene Nua Poesia
Enviado por Tânia Ailene Nua Poesia em 28/04/2006
Código do texto: T146603
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Ailene Nua Poesia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
886 textos (30277 leituras)
28 áudios (1362 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:12)
Tânia Ailene Nua Poesia