Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma devastada

No escuro canto de minh´alma
entristeço-me
compadeço-me
escondo-me
palavras de enganos
de dor
de mentiras
dilaceraram meu coração
ohhh alma ingenua
apaixonada
por que deixastes enganar
as provas estvam armadas
e nada, nada
pra te enxergar
o amor que d´antes sentia
naufragou...como um barco
que antes estva a deriva.
Perdinda em teus mares me encontrava
sozinha
por que jamais estava
agora
que fostes
fiquei
e a solidão da tua partida
devassou meu coração
por que minha alma
era toda paixão
vc era....o meu barco
o meu mar
o meu amar

P.Gafanhoto.
Dani Moura
Enviado por Dani Moura em 11/05/2006
Código do texto: T154352

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dani Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 45 anos
146 textos (15189 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:35)
Dani Moura