Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mágoa

A mágoa insiste, mas tenho que caminhar.
Não posso conter as lágrimas, elas caem.
Rolam enundando, lavando rosto e coração.
A alma doe e elas descem, caem e caem...
 
Mágoa profunda, mágoa sem remédio...
Mágoa de poeta, parece doer muito mais.
O deserto se faz, atravessa todo meu ser...
Todo o lindo sonho se entrega ao jamais...
 
Mágoa, ah... com dói, como destrói...
Olho para trás e só vejo pisadas de dor,
Tão poucos momentos alegres, de sorriso.
Para tantos outros, de raiva e desamor...
 
Mágoa ferindo o carinho, o meu afeto.
Eu só queria ser amada como sou...
Com defeitos, imperfeições,qualidades.
Mas o céu escureceu, acinzentou...
 
Mágoa e lagrimas, tantas lágrimas.
Nada consola, nada .. nada.. nada...
08.11.2005

Respeite os direitos autorais
Mary Trujillo
Enviado por Mary Trujillo em 15/05/2006
Código do texto: T156667

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mary Trujillo
São Paulo - São Paulo - Brasil
387 textos (25775 leituras)
41 áudios (1840 audições)
8 e-livros (1171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:32)
Mary Trujillo