Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INDIFERENTE

Quem me dera não lembrar
de abandonos cruéis e desleais
que afundaram em meu peito
                      Trágicos punhais
Em manhã fria de Novembro.
Quero não lembrar,
e, já não lembro
Que o amor de quem
não me amou
Em pedra, meu coração
                   transformou.
Esse amor foi lago triste
                    negro e profundo
e não mais quero lembrar,
nem mais quero encontrar
quem somente indiferença
legou neste mundo!

By@
Anna D'Castro
do livro AQUELA VOZ
Anna DCastro
Enviado por Anna DCastro em 16/05/2006
Reeditado em 04/10/2013
Código do texto: T156875
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna DCastro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
207 textos (10691 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:11)
Anna DCastro