Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma do Outro Mundo

Escondido meio à sombra,
estático como um corpo frio,
vagando na sombra oculto,
silenciosamente e só...

Ser inanimado, vazio,
que chora ao ver em sonhos
o esboço de uma vida,
de toda uma vida que poderia ter sido...

Ser alheio aos fatos mais cotidianos,
como sorrir com os amigos,
ser alheio à própria vida,
ausente, vazio, vago, nulo...

E este ser tão alheio,
essa Alma de Outro Mundo,
sou Eu meu Deus! ... meu Deus...
Eu queria ser como os demais! ...
Poeta Devaneador
Enviado por Poeta Devaneador em 23/05/2006
Código do texto: T161698

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (cite Itamar Eduardo Gonçalves de Oliveira e eduardogoncalves@hotmail.fr) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Devaneador
Rondonópolis - Mato Grosso - Brasil, 29 anos
82 textos (3896 leituras)
1 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:43)
Poeta Devaneador