Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noite Fúnebre

Caiu pesada a noite e tudo morre
Sob o fardo do luto que se espalha
Cobrindo de negror a todas casas
E a todos corações c'uma mortalha

A névoa já alastrou-se pelos campos
No triste cemitério abandonado
Onde os mortos alegram-se do mundo
De medo e de pavor assim trajado

Alguém, inutilmente, entoa preces
Pouco antes de cair gelado e mudo
Lá fora o vento uiva, gargalhante,
Até que um só silêncio envolva tudo.
Henrique de Castro Silva Junior
Enviado por Henrique de Castro Silva Junior em 29/05/2006
Código do texto: T165614
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Henrique de Castro Silva Junior
Paracambi - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
51 textos (6439 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:59)
Henrique de Castro Silva Junior