Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao que se foi...

Ao que se foi e deixo-me falando sozinha,
Não mediu a injustiça e feriu profundamente,
Não pôde enxergar as lágrimas silenciosas
Lavando meu rosto tal e qual uma torrente...
 
Ao que não pensou, apenas ao desprezo
Total e mortal atirou um coração inocente,
Ao que se foi acreditando ser o sofredor,
Nada pesou, preferiu agir precipitadamente.
 
Sim, você sabe, sabe muito bem do
Que falo... - Por orgulho, por vaidade,
Matou meu coração para sempre!...
Mary Trujillo
06.08.2005

Respeite os direitos autorais
Mary Trujillo
Enviado por Mary Trujillo em 30/05/2006
Código do texto: T165882

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mary Trujillo
São Paulo - São Paulo - Brasil
387 textos (25776 leituras)
41 áudios (1840 audições)
8 e-livros (1171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:45)
Mary Trujillo