Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARASITA

lisieux

O que foi feito de mim,
dos lábios cor de carmim,
do olhar, alcatifado?
O que foi feito da moça,
olhos rasos, feito poça
d'agua em cima do telhado?

O que foi feito de mim,
pés soltos, de passarim,
correndo pelas campanas?
O que foi feito do beijo
fogoso, puro desejo
explodindo na garganta?

Que foi feito da menina
tão delicada e franzina?
Será morreu, virou santa?
Ou se quedou, esquecida
feito bela adormecida
cercada de hera e teias,

cansada, triste, acabada
pela sorte, abandonada
sangue parado
            nas veias?

Bh - 01.06.06

INSPIRADO EM "SUICIDAS" DE LÍRIA PORTO, POETA MARAVILHOSA AQUI DAS GERAIS
lisieux
Enviado por lisieux em 01/06/2006
Código do texto: T167678
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisieux
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 61 anos
394 textos (14454 leituras)
3 e-livros (409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:53)
lisieux