Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRISTES SÃO MEUS OLHOS

Tristes são meus olhos ao verem a situação
Jovens meninas,mulheres maduras
Expondo seus corpos no calçadão
É escolha de vida, é sina
É profissão...elas têm opção?
Dinheiro fácil...rápido/
Mercado de trabalho livre?
Ou será a situação do país?
Quem somos nós para julgar
A vida de cada um?
Cada qual de seus problemas sabe
E a ele a solução cabe

Tristes são meus olhos
ao verem a exploração infantil
Pobres crianças, meninas
A prostituírem-se com turistas
Situação fascista...
Infância perdida na profanação de seus corpos
Sonhos mortos, desfeitos
Meninas pequenas que mal têm peitos

Tristes são meus olhos
Inertes, obcecados
Por não saberem o que fazer
Por não vislumbrarem a solução
De acabar com esta horrenda prostituição
De crianças em nossa nação.
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 15/05/2005
Código do texto: T17060

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916682 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:23)
Denise Severgnini