Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema Eterno

Eu quero estar só...
Como a chuva que aquece tua lousa
A lágrima mansa da manhã
A melodia fúnebre, a poesia vã
Me atirar no abismo, como quem ousa
Querer estar só...

Eu quero estar só...
Me perder num único desvario
Me encontrar em tal felicidade
Apressar-me a fugir da realidade
Contemplar a beleza do martírio
De querer estar só...

Eu  quero estar só...
Mergulhar no poema eterno da solidão
Com a voz do silêncio me enlouquecer
Desvendar o mais profundo do meu ser
Escutar sussurros do meu coração:
"- Eu quero estar só! "
Josiane Lima
Enviado por Josiane Lima em 07/06/2006
Código do texto: T171093
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Josiane Lima
Espanha, 31 anos
52 textos (2145 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:53)
Josiane Lima