Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACHO QUE FUI PRO ESPAÇO E NINGUÉM AVISOU

Você diz que me ama
Mas me deixa sempre
Na sala de espera
Na caixa postal pronto pra entrega
Na mala do correio
No ponto
No porto
Um louco a contar navios
Você diz que eu sou o cara
Que tenha a palavra certa
Que faço o poema preciso
Que te excito
Que sou teu dengo/ chamego
Promete-me o dia
O brilho o teu sorriso
O teu corpo
Eu me excito e conto as horas
Mas relaxo
E deixo tudo como esta
Sinto-me assim na estante de ofertas
Produto passado
Com prazo vencido
Eu estou assim esquisito no canto
Sem aviso prévio
No limpo/ no vácuo
Acho que fui pro espaço e ninguém me avisou
 
Raul Los Dias
Enviado por Raul Los Dias em 12/06/2006
Reeditado em 12/06/2006
Código do texto: T173935

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raul Los Dias
Argentina
512 textos (75897 leituras)
1 e-livros (178 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:49)
Raul Los Dias