Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Pai!

Você que foi mais sozinho que poste de vila
Você que para o mar recitou Castro Alves
Você que teve a mais longa solidão
você que amou Gerusa a cigana, Cida a prendada
Mas ficou mesmo com Dona Joana...

Você que ansiou liberdade
Buscou a paz
A igualdade...

Você que nasceu poeta
Das causas das desigualdades
Você que sonhou com um mundo livre de verdade
Você que lutou para a paz da humanidade...

Você meu pai que me ensinou o gesto da bondade
Você meu pai que me deu aos livros em tenra idade
Você meu Pai que me ensinou a ter humildade
Você meu pai que me ensinou  a não ser covarde...

Você meu pai...

Que eu sei estava com fome
Bêbado não come...

Mas você estava sozinho
Mas você estava com medo

E não pode se defender..
E nem um canivete portava você..
E te abateram como fera
E te levaram na noite sombria....

Você meu Pai!
Homenagem póstuma a meu Pai Eronides Carvalho


Dorothy Carvalho
Enviado por Dorothy Carvalho em 18/06/2006
Reeditado em 21/05/2015
Código do texto: T177705
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dorothy Carvalho
Rubiataba - Goiás - Brasil
351 textos (53939 leituras)
1 e-livros (85 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:05)
Dorothy Carvalho