Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Batom de Dor

Hoje chorei meus medos
Gritei meus absurdos
Ofendi meus neurônios
Agitei meus hormônios

Chorei e morri
Morri e chorei
Grito mudo, lua surda
Tanta gente
Implodi as lágrimas
Sangrei

O choro escorreu por dentro
Detonou meu estômago
Queimou em bílis
Fiz um esforço
Pra não morrer
No meio do povo

Fugi com minha alma
Todos olhavam meu rosto
Mas não viam
Que o que ali estava
Era somente minha carcaça

Chorei da raiva
Chorei do medo
Que enfrentei plagiada
Réplica de mim mesma

Sorriso vermelho
Batom de cor
Horrível sorrir na dor
e engolir a maquiagem

Rose de Castro
A ‘POETA’
Rose de Castro
Enviado por Rose de Castro em 18/06/2006
Reeditado em 18/07/2006
Código do texto: T177721
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rose de Castro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
200 textos (21739 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:02)
Rose de Castro