Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ASSASSINARAM A POMBA DA PAZ

ASSASSINARAM A POMBA DA PAZ


Assassinaram a pomba da paz
Isso é coisa que nunca se faz
Não respeitam crianças e pais
Essa guerra não acaba jamais

Assassinaram a pomba da paz
De um jeito tão insano e voraz
Bombas partem de vários locais
Para inúmeros destinos fatais

Assassinaram a pomba da paz
E detê-los, ninguém é capaz
Carregam consigo ódios letais
Numa batalha de armas desiguais

Duelam entre si como animais
Não respeitam nem seus ancestrais
Por isso, escrevi num cartaz:
Assassinaram a pomba da paz!
GILSON G SANTOS
Enviado por GILSON G SANTOS em 18/06/2006
Código do texto: T177983
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GILSON G SANTOS
Cubatão - São Paulo - Brasil, 50 anos
1323 textos (122195 leituras)
2 e-livros (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:58)
GILSON G SANTOS

Site do Escritor