Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Ponto Final.

Não pensei que terminasse assim
Aniquilado pela propria mão
Mas o sofrimento não teve fim
A morte foi a unica opção.

Fui um erro despresivel
Na vida não tive nada
Minha dor foi indescritivel
Não pude continuar a jornada.

Na vida tinha que entender
Mas com o sofrimento não percebi
Que um nasce para sofrer
Enquanto o outro ri.

Felicidade foi tudo o que eu quis
Não almejei riqueza
Mas o destino me fez infeliz
Só me trouxe tristeza.

Não suportei mais o tormento
E sombria companhia da solidão
Incomensuravel foi o sofrimento
Não pude ser mais uma negação.

A solidão foi um adaga
Trespassou o coração
Fez surgir uma chaga
Para a qual não houve solução.

Nada mais me importava
Eu não pedi para nascer
Não vivia, respirava
O meucoração a muito parou de bater.

Lutei em vão, fracassei
Em nada que fiz tive sorte
Enquanto apertava o laço, chorei
Quis mas não pude ser forte.

Meu corpo tremula ao vento
Terminou esse triste pesadelo
Findou-se o tormento
A morte atendeu o meu apelo.

Ninguém derramará lagrima por mim
Jamais serei lembrado
Infelizmente terminei assim
Triste e abandonado.

Minha irmã esqueças esse tolo
Que foi um maldito desgraçado
Que pelo destino foi atraiçoado
E pelas proprias mãos encontrou o ultimo consolo.

Minha mãe perdoa o filho teu
Que nesta estrada só teve motivos para lamentar
Você não sabe o quanto ele sofreu
O seu peito não parou de sangrar.

Eu fui um maldito fracassado
Na vida só tive amargura
Desejei apenas ser amado
Mas restou-me a sombra fria da sepultura.
Arcanjjus Negrus
Enviado por Arcanjjus Negrus em 20/06/2006
Reeditado em 24/07/2009
Código do texto: T179304
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Arcanjjus Negrus
Pinhais - Paraná - Brasil, 34 anos
1310 textos (86485 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:17)
Arcanjjus Negrus