Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HIPNOTIZADA

       Você me hipnotizou
       Ainda sou hipnotizada
       Pelo seu cheiro, seus olhos

       O que sobrou desse amor?
       Mágoas e dor
       E se mesmo não existiu,
       Nem mágoa nem dor?!

       O que você fez?!
       Eu gostava tanto de você
       Porque é tão absurdo?
       Porque ainda insiste
       Em me iludir, e me confudir?

       Ou sou eu que me enganei
       E a única confusa sou eu
       Porque não me deixa em paz
       Já me hipnotizei demais
       Para acreditar no nunca deveria acreditar
       Sonhando fito louca,
       Pelo beijo que nunca ganhei
       Pelo abraço que nunca ganhei
       Pelo calor que nunca me envolveu

       Ao sair com você sinto as mesma coisas
       É como se eu não conseguisse andar na multidão
       Já não quero mais saber sobre você,
       Mas você insiste em me hipnotizar

       Então você me hipnotiza
       E me faz escutar você
       Você derrepente diz que está gostando de outra
       Isso me deixou com tanto ódio
       Ódio por ter te esperado
       Por ter dado vida à essa fantasia!

       Eu sabia que não poderia esoerar nada de você
       Mas eu queria acreditar nessa fantasia,
       E você acabou com meus sonhos
       E nessa brincadeira ambos saíram
       Feridos
       Você pelo amor mal resolvido
       Eu pela decepção de verte vingando

       Quando se ama de verdade
       O amor não vinga
       Apenas cuida
       Quando se ama alguém de verdade
       Verdades são postas na mesa

       Quando se ama alguémde verdade
       Procura saber sobre sua vida
       Sem que ao menos o outro saiba

       Naquele instante que crusei meu braço sobre o seu
       Senti imensa felicidade
       E me hipnotizei ao mesmo tempo
       Porque não era pra ser

       O seu beijo em minha face
       Parecia o mais longo da minha vida
       E o seu olhar me culpava de alguma maneira
       E o abraço que te dei parecia o último
       Queria que fosse

       Mesmo assim quero que seja feliz
       Não sou como você que pelo orgulho se vinga de alguém
       Você é egoísta
       Egoístas não amam
       Egoístas se  amam
       E você é assim um egoísta

       Quero que ame
       Como eu desejo amar
       E principalmmente que nos amem

       Você parece dizer certas coisas
       Que não fazem sentido
       Parece rir por dentro
       Porque és tão mal?!

       O que eu te fiz?!
       Eu poderia dizer que você não me afeta
       Mas a verdade é que me hipnotiza.
       Talvez doores passadas,fizeram nos odiar
       O que há?
     
       Mesmo assim ame
       Porque amar é uma dádiva
       Que poucos possuem
       Por isso, um brinde à nossa
       Hipnóse.




   

     


JOSI
Enviado por JOSI em 26/06/2006
Código do texto: T182572
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
JOSI
Osasco - São Paulo - Brasil, 28 anos
39 textos (1326 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:15)
JOSI