Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Lágrimas frias"

Escondo minhas lágrimas
No meu mundo obscuro
e começo a chorar.

Lembranças de um amor vivido
Horas esquecido
Pois me tiraram o direito de lhe amar
Fizeram de mim,um pouco do nada que restou.

Quando parei, e para dentro de mim olhei
Você era essa saudade contida
nesse rio de lágrimas
Olho a vida
Penso na despedida,da sua mão
na minha mão,e o pulsar do seu coração
Até hoje sinto.

E continuo a lhe procura
mesmo sem saber onde está o meu amor
Tiraram os seus carinhos
e colocaram um ninho de tristezas e de dor.

E as lágrimas frias e discretas
meu rosto acaricia
Lembrando do dia,que com um aceno
Você se foi para sempre
Que dia obsceno
O dia que lhe perde
Mas até hoje estou aqui
no mesmo lugar,a te esperar
Volta para mim.

Elliana Alves
Enviado por Elliana Alves em 07/07/2006
Reeditado em 28/06/2008
Código do texto: T189032

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor,cite o nome do autor e o link para a obra original,cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"http://www.recantodasletras.com.br/autores/elianaalves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elliana Alves
Petrolina - Pernambuco - Brasil
485 textos (98279 leituras)
4 áudios (2961 audições)
11 e-livros (1025 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:52)
Elliana Alves