Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O DESERTO


De crina ao vento,
Montada em cavalo guerreiro,
Sigo em fuga desenfreada,
numa louca cavalgada,
num deserto sombrio e cruel!

Por entre incontáveis grãos de areia,
Feitos de gentes e feições,
Tento descobrir por entre eles,
O bater dos nossos corações!

Nada oiço, nada sinto,
Para além do vento silvando,
Por entre meus dedos pendentes!

E termino a cavalgada,
Me abandono derrotada,
Esperando que as dunas me cubram,
Qual leve mortalha,
Sem tumba onde habitar!

Fui, o que não sou agora!
Sou, o que nunca quis ser!
Nada me ficou na Memória!
Apenas esta solitária Sombra ,
Em crua forma de Mulher!
Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 10/07/2006
Reeditado em 29/05/2010
Código do texto: T191015

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:20)
Aguarela Matizada