Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canto Triste

Meu canto triste agora ecoa
Em sílabas lentas e úmidas
Descidas de meu olhar petrificado.

Meu canto triste agora se refugia.
Pousado em mãos trêmulas
Caídas de meus braços inertes.

Meu canto triste agora silencia
Em lábios secos e entreabertos.
Desenhados em meu rosto inexpressivo.

Meu canto triste agora é esquecido.
Em meu resto de coração coagulado.
Removido do peito alvo,
Mas deixado onde eu o possa ver...
Alex Dumal
Enviado por Alex Dumal em 15/07/2006
Reeditado em 12/09/2008
Código do texto: T194378

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Dumal
Guara I - Distrito Federal - Brasil, 38 anos
43 textos (1460 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:14)
Alex Dumal