Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

simbiose

detenho-me em qualquer pensamento
alucino quando posso sonhar
basta-me  estar anoitecida
sob o céu com ou sem estrelas
debruçada em janelas e sonolenta,
estando assim:
parva em contentamento

possuo os pés ausentes do chão
oscilo no rumo do vento
tenho noite influída na alma

dou-me por satisfeita
porque sei que o sol
adormece abaixo do horizonte
quieto e que jamais
estará próximo a mim

se acaso, a luz me refletir
terei a minha essência
noturna diluída num pântano
junto as margens da noite
de qualquer dia
a brotar saudade sombria:

beberei o dia
em outras noites
sozinha
marcia eduarda
Enviado por marcia eduarda em 15/07/2006
Código do texto: T194720

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (márcia eduarda®). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marcia eduarda
São Paulo - São Paulo - Brasil
534 textos (16560 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:26)
marcia eduarda