Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chora , meu coração!!!

Ei , tristeza , desabita meu coração!!
leva junto essa dor que se instalou.
Seja ao menos piedosa
tenha piedade de mim! Por favor!

Não sei mais como acordar...
Agora , acordar é apenas um abrir de olhos.
Não sei mais como falar...
De canto , minha voz passou a barulho.

Eu ando pelos cantos sem objetivo.
O correr dos minutos me cansa.
Volta tempo?! Por favor!
E pára naquele momento em que fui feliz.

Eu já estou perdendo os sentidos...
Tato, não sinto mais a sua pele.
Olfato , não sinto mais o seu perfume.
Paladar , perdi os seus beijos.
Audição , sua voz foi habitar outros ouvidos.

Perguntas não se calam dentro de mim.
Jamais mencionei tantos porquês...
A vida me mostrou um caminho diferente
e hoje reza para haver um cruzamento entre nós.

É tão simples aprender a sonhar
mas ninguém explica o quão é difícil deixar de sonhar.
É tão fácil aprender a amar
mas ninguém diz como é fatal deixar escapar o amor.

Rafael Rezende Da Costa
Enviado por Rafael Rezende Da Costa em 18/07/2006
Reeditado em 11/08/2009
Código do texto: T196830

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Rezende Da Costa
Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
144 textos (5327 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:49)
Rafael Rezende Da Costa