Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema triste

 

O anel que te fiz
não era de ouro, mas tinha valor
com o desprezo que me deste
junto com minha paixão ele se quebrou.

E seus pedaços esfarelados
vi caírem ao chão
junto com as lágrimas tristes
que vertiam de meu coração.

E os sinais que no chão deixou
um vento maldoso levou
porém o que mais devia ter levado
a dor em meu peito, isso ele deixou.

Agora já não há mais o anel
e as lágrimas secaram
permanece, no entanto a dor da mágoa
dos teus atos que me machucaram.

E algo mais ainda ficou
e não foi o estigma de uma lágrima
em meu dedo ainda restou
desse anel a marca; símbolo do quanto lhe amava.

 Outro poema de uma época ruim da minha vida
Petrus Stone
Enviado por Petrus Stone em 20/07/2006
Reeditado em 15/03/2016
Código do texto: T198209
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Petrus Stone
Belém - Pará - Brasil, 39 anos
92 textos (12291 leituras)
1 e-livros (26 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:21)
Petrus Stone