Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Vale Das Trevas

Num vale de uivos e ventos gélidos obscuros, erguidos na penumbra foi uma fortaleza; lugar este amaldiçoado.
O adro era adornado por estátuas estranhas de moribundos seres, sinistros eram os olhares seus de retorcidos rostos.
Uma reveladora inscrição jazia no pórtico desta fortaleza, “Aqui jaz o último anjo livre, rebelde”.Dizeres talhados na pedra,
Fortaleza do mal, onde a claridade tocara jamais, enegrecida há séculos uma torre lá dentro, de onde tácito um grito bramia sem cessar,
Ressoava num ritmo taciturno uma sinfonia de horrores, num torpe balé infame que alguns espectros insistiam em executar.
Espectral luta ali era travada a última, insólita.
Escarlate e lúgubre metamorfose foi no que se transformou este infernal sofrimento.
Uma quase celestial figura pairava sobre um pedestal marmóreo que jazia nos recônditos escuros deste lugar.
Este que outrora comandara parte do infinito é o Anjo Negro, criatura abscidada e maldita.
Interminável maldição agora ali jazia,
Criaturas ignóbeis o cercam, para que assim permaneça a pagar pelos crimes seus, imperdoáveis.
Anjo Negro abominável, até aonde Vaz com tuas tramas?
Numa tirania de prantos e padecer decadente infernal.
                         

                              Her Doctor
HERR DOKTOR
Enviado por HERR DOKTOR em 21/07/2006
Reeditado em 29/05/2009
Código do texto: T198741

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HERR DOKTOR
Camboriú - Santa Catarina - Brasil
664 textos (21373 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:00)
HERR DOKTOR