Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À TARDINHA



No silêncio da tarde,
ao longe, muito ao longe,
através dos campos
coloridos,
imensos,
silenciosos,
tranqüilos,
seguros,
ouve-se o badalar de um sino.

Seis horas da tarde...
Hora de prece,
de recolhimento,
de agradecimento,
de reconhecimento,
de meditação,
de espiritualização.

Os animais entendem;
calam-se,
abrigam-se,
aconchegam-se,
reconhecem,
agradecem.

E o homem?
Por que o homem se esquece
do ESPÍRITO?

Mardilê Friedrich Fabre
Enviado por Mardilê Friedrich Fabre em 23/07/2006
Reeditado em 26/10/2007
Código do texto: T200125
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mardilê Friedrich Fabre ( http://www.recantodasletras.com.br/autores/mardile)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Mardilê Friedrich Fabre
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil
1400 textos (1453776 leituras)
151 e-livros (19464 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:41)
Mardilê Friedrich Fabre

Site do Escritor