Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESCUTE A CANÇÃO


Você está ouvindo? Escute a canção
É poesia, meu universo de solidão
Entre as quimeras esconde dores
Fala de um passado, meus amores

Onde o tempo se tornou carrasco
A dor no corpo já se fez o casco
Misturo às lágrimas, aguardente
Dissipando as torturas da mente

E na poesia busco rimar alegria
Mas a lembrança perturba o dia
À noite a saudade aviva na canção
Sem alegria, a rima será solidão


Renate Emanuele
Enviado por Renate Emanuele em 26/07/2006
Código do texto: T202473
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Renate Emanuele
São Paulo - São Paulo - Brasil, 71 anos
136 textos (10571 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:09)
Renate Emanuele