Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abraço Eterno

Ainda que tarde retomei a vida,
Que hoje encontrei em pedaços ,
Feito um brinquedo,
Necessitando ser juntada,
Para que se veja em retalhos,
Um figura qualquer,
É assim que agora me sinto,
Após tanto tempo de solidão,
Perdida numa ilha chamada ilusão,
Onde um abraço eterno foi tudo que restou,
Para guardar lembranças do nosso lindo amor.
Mas agradeço pela noite de sonhos,
Pelo acalanto a uma sereia entristecida,
E mesmo que seja curta a minha vida,
Valeu a pena apesar dessa angustia.
Perdoe-me a insistência,
Mais foi mais difícil pra mim,
Enxergar que na ilha fiquei,
E que não olhei para nada,
Há não ser para o sonho de amor,
Que por ser só meu, em pedaços ficou,
Tal qual a minha vida.

22/10/03
Sonia Ferraz
Enviado por Sonia Ferraz em 27/07/2006
Reeditado em 03/08/2006
Código do texto: T203365
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Ferraz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
665 textos (37146 leituras)
33 áudios (5813 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:31)
Sonia Ferraz

Site do Escritor