Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nunca mais voltei:

Na minha varanda
tem uma rede de dormir
abandonada já faz tempo
ninguém mais dormiu nela
desde o dia, em que ela partiu.
só me deixando por herança
esta rede que um dia foi o ninho
de um amor, vivido intensamente.
tendo por testemunha o luar
e o brilho das estrelas nas noites
quentes de verão que ali passamos
hoje aquela varanda virou tapera
a velha rede castigada pelo rigor
do tempo e o vento pouco resta
como aquela varanda, hoje coberta.
pelos restos de velhas lembranças
e folhas mortas espalhadas pelo chão
no nosso jardim nenhuma flor restou
por ali tudo foi morrendo devagarinho
como morreu nosso amor naquele dia
que ela foi embora sem dizer adeus
abandonando tudo que ela dizia amar
foi assim que ela partiu, eu quase morri.
de dor e tristeza um dia também parti.
naquela varanda nunca mais voltei.

vovonei


Porto Seguro
1985
 

 


Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 29/07/2006
Código do texto: T204662
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:44)
Volnei Rijo Braga