Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lithium

Meu lithium está no fim.
Minha casta sanidade
Recobre-me os olhos
Famintos de paz de espírito.

Meu ponto de fuga
Se desfez em arestas infinitas
De um tom visivelmente transparente
Devorado pela minha ânsia esmagadora.

Não há espaço
Para o último golpe de pincel.
A tela jaz morta e negra.
Pingando lágrimas do tecido impuro.

Pendem também minhas mãos
Por entre pincéis e tristezas.
Desfalecendo com o corpo morno
Em lagos de tinta e de sonhos.
Alex Dumal
Enviado por Alex Dumal em 01/08/2006
Reeditado em 18/09/2010
Código do texto: T206450

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Dumal
Guara I - Distrito Federal - Brasil, 38 anos
43 textos (1460 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:36)
Alex Dumal