Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ASSASSINATO POR AMOR

Eu a amava
Talvez ainda ame
Talvez nunca tenha a amado...

Mas algum dia
Eu senti algo muito forte
Ou um ódio nunca sentido...

Amor e ódio
Caminham lado a lado
Num instante o amor está no auge
Noutro surge um ódio inexplicável...

Eu encontrei uma solução
Pra tirar essa dor do meu peito
E esse peso no meu coração
Um amor que não tem jeito
Veio um ódio como furacão!

Eu tive que matá-la...
Ela agora está morta
E não se levanta
Nunca mais vai me magoar!

Eu tive que matá-la...
Ela nunca mais vai me fazer
Pensar como antes
Agora ela não existe...

Ela morreu dentro de mim
Mas continua a viver
Em outro coração
E por isso eu
Decidi que você devia morrer
E você definitivamente
Em mim não vai mais viver!
Damaso
Enviado por Damaso em 01/08/2006
Código do texto: T206531
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Damaso
Rio Manso - Minas Gerais - Brasil, 34 anos
326 textos (17041 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:11)
Damaso