Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Divagações

Tudo, como tudo é passageiro

Tudo e nada e tudo é tão ligeiro

Que nem se sabe como tudo aconteceu!

E nada sucedeu!

Nada - nada- nada para acontecer

Acordo, durmo e acordo

Pensando em nada para acontecer!

E aí? Sinto muito, mãe!

Não vejo a hora de poder te pagar e você ficar tranquila.

Toda a vez que desligo o telefone

Fica o vazio - o vazio por ter falado!

Que mais? Mais nada!
Teca Bandeira
Enviado por Teca Bandeira em 02/08/2006
Código do texto: T207613
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Teca Bandeira
Armação de Búzios - Rio de Janeiro - Brasil, 68 anos
25 textos (1044 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:01)
Teca Bandeira