Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Angustia


Solidão, angustia, sofrimento, revolta
É tudo o que sinto
A vida sem alma
E a alma perdida
Não sem onde e nem com quem
Agora eu busco o além
E este além para mim é o nada
A saudade bate forte
E me sinto fraca
Quero buscar tudo
E o que encontro é  o nada
A vida continua lá fora
Eu aqui estou morta
Para a própria vida
Para mim mesma
Onde me encontrar?
Não há lugar
Sou um pedaço de gente
Que começa a decompor
A angústia me sufoca
Tudo me revolta
E continua perdida
Realmente minha vida
Não tem a mínima saída


Rio  12/02/79
Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 04/08/2006
Código do texto: T209008

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
343 textos (32009 leituras)
3 áudios (627 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:24)
Iolanda Brazão