Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Poema do Adeus


Este poema é um "Adeus",

Um triste renunciar,

Um ter HOJE, que partir,

Um querer, SEMPRE ficar!


Eclude o peito em Paixão,

duma singeleza sem par,

Mas eu tenho de prosseguir,

Assim não vou continuar!


Contigo deixo, os meus poemas

d'um amor, que escrevi a chorar,

Contigo ficam minh's penas,

De só te ter tido a Sonhar!


Fui parte da Fantasia,

Parte de ti, quis eu ser,

Mas os dias foram tantos,

E eu sem nunca te ter!


Em cada palavra ajeitada,

Em forma de trova ou verso,

Foi só por ti inspirada,

Esse teu dom, reconheço!


Mas não posso, sofro demais,

Não sinto a tua presença!

E tal, como andorinha invernal,

Novo Rumo, novo Voo recomeço!

Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 05/08/2006
Reeditado em 04/06/2010
Código do texto: T209543

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:31)
Aguarela Matizada