Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dissabores da Poesia


 

 

Não são meus os teus versos
Não é minha a tua poesia
Não sou a  luz da fantasia
que adorna o colar dos teus sonhos
 

 
Sou pétala seca  da flor
do pálido outono dos teus dias
No jardim da ilusão ficou perdida
e   despetalada  pelo espinho da dor
 

 
Sou o frágil coração soterrado
na lama negra da desilusão
Por desprezo  ou  mera covardia
foi esquecido nas sarjetas da agonia

 
 
Oh! pobre alma ferida
pela poesia foi  seduzida
agora chora  o adeus da despedida
nas  frias coxias da solidão !
 


Recife /PE
Minha Página

Zena Maciel
Enviado por Zena Maciel em 05/08/2006
Código do texto: T210066
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zena Maciel
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
239 textos (6626 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 03:47)
Zena Maciel