Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Frias Paredes

Teu encanto é como luz,
que faz meu olhar brilhar,
que por horas e horas me deu brilho,
tua beleza é infinita,
beleza de corpo, beleza de espírito,
teu coração e teu corpo formam tua alma pura,
 
Alma alegre, cheia de amor,
escondida em tuas palavras,
disfarçada em teus olhares,
alma de mulher, alma viva,
que alegra e contagia,
Ilumina-me e traz vida.
 
Mas os dias ficaram estranhos,
e tua porta se fechou,
em completo desespero me escondi,
Abriguei-me em meu refúgio,
mas as paredes ficaram frias,
e meu quarto agora é um túmulo.
 
Sinto que estou distante do mundo,
percebo que tudo se foi,
mas ainda posso sentir tua presença,
e meu coração em dor te chama,
implora por tuas palavras,
e quer voltar a bater por você,
 
Então meus olhos te vêem passar,
e logo se enchem de lágrimas,
elas parecem ser cacos de vidro,
pois nada mais enxergo,
o peito quase  sufoca,
mas meu grito é o silêncio,
 
Choro por ti todas as noites,
peço a ele que me ajude,
de joelhos tenho esperança,
ouço sua voz e escuto com meu coração,
pés descalços ao chão,
lembro de você,
e sigo meu coração.
Marcelo Biolchi
Enviado por Marcelo Biolchi em 07/08/2006
Código do texto: T210888
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Biolchi
Concórdia - Santa Catarina - Brasil, 33 anos
35 textos (4594 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:42)
Marcelo Biolchi