Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESNORTEADO

Confesso estar partido, perdido...
Sem rumo e sentido,
procurando abrigo, estar contigo.
Confesso não ter emoção,
sonho ou ilusão.
Sem tino, sem razão.
Confesso ter  a alma ferida,
dor  a ser contida.
Vida interrompida.
Confesso não confessar.
Tudo por acabar.
E eu transpondo o ar.
cao souza
Enviado por cao souza em 10/08/2006
Código do texto: T213577
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
cao souza
Belém - Pará - Brasil, 54 anos
143 textos (16384 leituras)
1 e-livros (104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:16)
cao souza