Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUGARES ENTRISTECIDOS

Ruas, praças, mangueiras...
Por onde caminho,
Onde me abrigo,
Sem estar contigo.
Estão desertas,
Estão mortas.
Tristes caminhos,
Triste natureza,
Sentem falta da tua beleza.
A vagar pelo vago,
A buscar, sem encontrar
Nem ao menos o teu sorriso,
Sigo impreciso.
Os pássaros não gorjeiam,
Murmuram inaudível som.
Mas não debandam, ficam aqui,
Assim como eu a esperar por ti.
cao souza
Enviado por cao souza em 13/08/2006
Código do texto: T215704
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
cao souza
Belém - Pará - Brasil, 54 anos
143 textos (16384 leituras)
1 e-livros (104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:14)
cao souza