Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUEDA

                                 
           NO ABISMO INFINITO, DESAPAREÇO

           MINHA CONSCIÊNCIA AOS TRANCOS

         ROLA PELAS PAREDES, INDIFERENTE

        ESPASMOS LOUCOS, NEGROS E BRANCOS

             FUGAZES VISÕES DO QUERER , DO APREÇO

            EXPLODEM EM CANAIS DEFERENTES

            SECTÁRIOS DE REMINISCÊNCIAS VÃS

            PAIXÕES E DESEJOS EM CONLUIOS, MALSÃS

            LEMBRAR O COMEÇO

A QUEDA E O TROPEÇO

A INFELIZ E INSIDIOSA ATITUDE

À LUZ DA RAZÃO , É VIRTUDE.

BATER NO LIMO A ALMA

AFOGUEADA, DA QUEDA, A CALMA

INERTE, ME SINTO INSEGURO

SEM AMANHÃ, SEM FUTURO







GDaun
Enviado por GDaun em 15/08/2006
Código do texto: T216780

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43000 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:17)
GDaun