Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

D e N o v o ? ? ?





CAÍ EM TEU PODER, SEM PERDÃO

A PRINCÍPIO A SIMPATIA, HOJE A PAIXÃO

FOI AOS POUCOS, SEM PERCEBER

DE REPENTE ÉS MEU VIVER.


PENSAR NOITE E DIA

IMAGINAR COMO FARIA

DA AMIZADE ANTIGA

HOJE DOLOROSA FERIDA



  ÉS UM CORTE ABERTO

SANGRA E PULSA INCERTO

AUMENTANDO A TODO MOMENTO

POR INESPERADO ENVOLVIMENTO



O TEU APROXIMAR

AO INVÉS DE ACALMAR

FAZ AINDA MAIS SANGRAR

ÀS VEZES LÁGRIMAS  ROLAR


ME DOU POR INTEIRO

JÁ NÃO RESISTO

FAÇA DE MEU CORAÇÃO

UM PANO DE CHÃO


PISE, HUMILHE, SE TE ENVAIDECE

NÃO ESQUEÇAS, ÉS O QUE ME APETECE

                        A RIMA QUE FALTOU

                        A ILUSÃO MALSÃ, TRAGOU !


GDaun
Enviado por GDaun em 16/08/2006
Código do texto: T217566

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43004 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:31)
GDaun