Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Asas Negras

Asas Negras

Hoje mais do que nunca,desejo ir embora deste lugar.
Preciso me reunir com aqueles, que assim como eu, não possui,Aureolas e sim
Asas negras.

Voarei na imensidão do espaço,com essas
Asas negras romperei a barreira do som.

Hoje mais do que nunca, me sinto um verdadeiro
Anjo negro, o próprio anjo rebelado.

Sim, me tornei um anjo rebelado, me rebelei Pra está ao lado da minha amada.
 Que assim como eu, carrega
As terríveis asas negras.

Hoje mais do que nunca, me sinto tragado pras
Trevas que existe dentro do meu misero ser.
Ontem fui renegado pelo amor, mas hoje sou acolhido pelo ódio, ao qual vocês,
Seres insignificantes me lançaram, só Porque herdei as terríveis
Asas negras, as asas do ódio.

Mas fiquem sabendo mortais imundos,
que essas asas foram
Criadas pelo ódio e desprezo que vocês sentem por mim.

Autor: Iraildo Dantas

Iraildo Dantas LUA
Enviado por Iraildo Dantas LUA em 17/08/2006
Código do texto: T218516

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Iraildo Dantas LUA
Salvador - Bahia - Brasil, 29 anos
152 textos (13391 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:00)
Iraildo Dantas LUA