Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ruínas de um Cemitério

Ruínas de um Cemitério

Na escuridão da noite, estou a vagar entre as ruínas desse Cemitério,
Na época em que entrei aqui pela
Primeira vez, eu tinha vindo me despedir da minha amada.

Naquele momento, eu sofri muito
Com isso, eu sentir
Algo quente escorrendo dos meus olhos,
Eram lágrimas de sangue.

Durante os poucos momentos que passamos Juntos, eu realmente a amei e continuo lhe Amando, mesmo depois que
Você se foi pro mundo dos mortos.

Sofri muito com a sua partida, entrei em depressão, me
Afastei da sociedade, dos nossos amigos. Enfim, me tranquei nas
Trevas do meu quarto e aos poucos fui morrendo.

Hoje, a minha alma está a vagar por esse cemitério,
A procurar por você, para que juntos possamos
Cumprir o juramento que fizermos no seu leito de
Morte, juramento ao qual se resumi nessas simples
Palavras: “Nos amaremos por toda a eternidade”.


Autor: Iraildo Dantas
Iraildo Dantas LUA
Enviado por Iraildo Dantas LUA em 17/08/2006
Reeditado em 17/08/2006
Código do texto: T218521

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Iraildo Dantas LUA
Salvador - Bahia - Brasil, 29 anos
152 textos (13391 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:50)
Iraildo Dantas LUA