Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PÉTALAS DE DOR

Talvez ainda hoje o sol nasça
E a chuva pare de derramar seu sangue
A natureza, ainda morta
Esconde as cores
E a beleza que se foi com seu sorriso

Um fio de saudade, mescla o horizonte
E todos vêem como linha
O que pra mim é um círculo fechado

E como as brasas do sol
Essa dor queima
E machuca meu coração pisoteado

O vento tira de meu peito as lágrimas
Que como pétalas de rosas secas
Caem no chão encharcado
Pelo meu sentimento derramado
Gosto salgado
Corpo maltratado

Cada pétala, uma dor
Tirando-me da vida a visão
Estou sem esperança
Deixo de ser flor
Agora,
Meu corpo deita-se no chão

Contigo foi-se minha razão
E todas as batidas do meu coração


18.Agosto.2006
19h00
ITANHAÉM    SP
Míriam Torres
Enviado por Míriam Torres em 18/08/2006
Reeditado em 20/08/2006
Código do texto: T219632
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Míriam Torres
Itanhaém - São Paulo - Brasil
307 textos (17335 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:45)
Míriam Torres