Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS DEGRAUS DA MINHA IDADE


Desço os degraus um a um
Agarrada ao corrimão,
Se o pé escapa algum
Dou logo um trambolhão.

Quando subo p´ra minha casa
Chego lá tão cansadinha,
Antes corria que nem uma brasa
Toda a rua era minha.

O tempo passa, a vida corre
Deixando marcas na calçada,
E um dia a gente morre
E só por sorte será lembrada.
Biazocas
Enviado por Biazocas em 19/08/2006
Código do texto: T220190
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Biazocas
Portugal, 65 anos
425 textos (15843 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:23)
Biazocas