Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÁGUAS PASSADAS

Meu corpo é um igarapé
Por onde já não mais navegas.
Já não sinto as batidas de remo
De uma canoa que deslizava sem tréguas.

As águas seguem seu curso
Apressadas, rumo à foz.
Levam junto a esperança
De que ouças minha voz.

Quantas águas já passaram...
Mururés... Folhas mortas...
As margens ainda suportam
O peso das árvores tortas.

Conto com as águas que passam
Nem que sequem os mananciais.
Mesmo tendo a angustiante certeza
Que águas passadas não voltam mais.
cao souza
Enviado por cao souza em 20/08/2006
Código do texto: T220621
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
cao souza
Belém - Pará - Brasil, 54 anos
143 textos (16384 leituras)
1 e-livros (104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:36)
cao souza